Motivação...

Seja bem-vindo(a) ao meu blog

Aproveite os textos e tenha uma ótima leitura. Não esqueça de deixar um comentário se achar conveniente, seja para criticar, elogiar ou fazer algum reparo no conteúdo. Em qualquer caso, estará enriquecendo o blog e deixando mais informações para as pessoas que o acessam.

SIGAM-ME OS BONS

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Um lindo poema para Susan Boyle

SUSAN BOYLE

Susan
eu sei que não me conheces
mais quero te mandar um poema
a tua garganta suavisada pelo sopro do destino
você cantou ,Susan , o hino
que fez soar na alma de todos felinos
de todo ser humano
e do ser não-humano
você cantou com a alma de uma criança, Susan
cantou com tua alma
alegre



o ser humano ainda não melhorou, Susan
eles jugam ainda com as aparências
eles estão longe de Deus, que não julga pelas aparências
a história de Cristo relata que ele não tinha uma aparência
de galã de novela
ele era simples
todos davam risada dele
"Seus Americanos dos E.U.A, as aparências enganam viu!"





ninguém dava nada por Jesus visívelmente
e invisívelmente, Cristo verdadeiramente revelou que
o ser humano ,
é o espirito que nos habita
que o ser humano



é a alma que nos vivifica
que o ser humano está por dentro
entranhando os adventos
e você nos mostrou, Susan quem é você
nos passando de verdade o seus sinseros sentimentos
de uma maneira lírica
poesia pura



por que Deus te conhece
e Deus é pura poesia
Deus conhece os humildes de coração
quem faz parte do seu Coro Celestial



em orquestras luminosas...
Deus te conhece, Susan
por que você é uma deusa
deusa do canto
e encanto
a musa da música que cura os meus tímpanos
e limpa a sonora do ar



você Susan, sabe cantar
com majestade do cântico parnaso e moderno
é o que que a musa eterna canta
e a musa interna encanta
que tem o charme de Arche
e sabes dançar o rítimo que nosso espírito pede
arrupiando os cabelos da nossa epiderme
vai lá no cerne
levando o sentimento profundo energético
no boca de Euterpe



eu penso um poema para ti, Susan
e te ofereço aquele poema que Manuel Bandeira fez para Maysa,



madona monalisa nos olhos da plateia
que até o deus Apolo paraliza
com essa sua voz de hipnoze
a cantiga da natureza límpida
lavando-nos




com a musicalidade dos cosmos
que só os poetas são capazes de ouvir
teu silêncio sonoro.


NEY SOUZA LIMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aqui seu comentário, aceito críticas e sugestões. Ficarei super feliz pelo simples fato de você ter comentado.

Redes Sociais

Slide de Postagens Recentes

VISITAS RECENTES

Receba minhas postagens em seu Email